logotipo qualitylabor site

Imprimir PDF
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA EMBALAGEM DE PAPELÃO ONDULADO

O papelão Ondulado é um material comumente utilizado como caixa de transporte de produtos, embora com a evolução tecnológica, venha apresentando opções também em embalagens primárias (em contato direto com o produto).

De acordo com a terminologia da NBR 5985, os tipos de papelão ondulado são:

Face simples - Estrutura formada por um elemento ondulado (miolo) colado a um elemento plano (capa).

Parede simples - Estrutura formada por um elemento ondulado (miolo) colado, em ambos os lados, a elementos planos (capas).

Parede dupla - Estrutura formada por três elementos planos (capas) coladas a dois elementos ondulados (miolos), intercalados.

Parede tripla - Estrutura formada por quatro elementos planos (capas) colados em três elementos ondulados (miolos), intercalados.

Parede múltipla - Estrutura formada por cinco ou mais elementos planos (capas) colados a quatro ou mais elementos ondulados (miolos), intercalados.

Informações técnicas

Tipos de ondas

A quantidade de ondas está relacionada à resistência à perfuração. O sentido da ondulação é fundamental para o bom desempenho desta embalagem de transporte, principalmente para a estocagem, devendo ficar na vertical funcionando como pilares de suporte.

As espessuras do papelão ondulado variam de acordo com o fabricante e o tempo de "vida" do rolo ondulador. É o que mostra o quadro a seguir:

Tipo de onda

Espessura do papelão ondulado

Nº de ondas em 10 cm

A

4,5/5,0 mm

de 11 a 13

C

3,5/4,0 mm

de 13 a 15

B

2,5/3,0 mm

de 16 a 18

E

1,2/1,5 mm

de 31 a 38


Observações:

- As ondas C e B são normais de linha de produção para parede simples.
- A onda BC, junção de B e C, é normal de linha de produção para parede dupla.

Listamos logo abaixo algumas informações importantes referentes à embalagem de papelão ondulado:

§  Papelão Ondulado é uma estrutura cujas propriedades são expressas em termos de Resistência à Compressão de Coluna, Resistência ao Arrebentamento, Resistência ao Esmagamento, Espessura da Estrutura e outras.

§  Resistência à Compressão de Coluna e Resistência ao Arrebentamento têm sido as duas referências mais usadas em tabelas de especificações em vários países.

§  A Resistência de Coluna, por estar ligada à resistência da caixa à compressão é considerada o parâmetro mais importante para o desempenho no empilhamento.

§  A Resistência ao Arrebentamento, está ligada à resistência da caixa a rompimento por manuseio rude, choques ou quedas.

§  Resistência de Coluna e Resistência ao Arrebentamento não são parâmetros que se relacionam diretamente, isto é, nem sempre um aumento de uma corresponde a um aumento na outra.

Fonte: Abre Associação Brasileira de Embalagem  (http://www.abre.org.br/comitesdetrabalho/usuarios-de-embalagem/documentos/manual/)

 

Catálogo Virtual

Chat Online

LiveZilla Live Chat Software

Login Área do Cliente

Pesquisar

Parceiros

logoQualipeso