logotipo qualitylabor site

Imprimir PDF

PAPÉIS PARA EMBALAGENS

 

Papel - Tipos e aplicações

São papéis que protegem e acondicionam produtos. Moldados principalmente como caixas ou sacos, apresentam grande diversidade – tanto para embalagens leves como pesadas. Permitem o uso de fibra reciclada na sua produção e têm a boa resistência como uma de suas características básicas.

Esses papéis compõem embalagens para uma variada gama de produtos, de remédios a gêneros alimentícios, inclusive bebidas e congelados. Servem também para outros usos, como forração de paredes ou produção de envelopes.

A impermeabilidade e outras características exigidas para contato direto com alimentos e outros produtos são definidas pelos processos de tratamento industrial do papel e pela sua combinação com outros materiais, como plásticos e metais.

Os principais tipos são:

Para Papelão Ondulado - Papel de embalagem, usado na fabricação de chapas e caixas. É classificado em:

  • Miolo. Papel ondulado, utilizado no miolo da chapa de papelão.
  • Capa de 1ª (kraftliner) Papel fabricado com grande participação de fibras virgens, atendendo às especificações de resistência necessárias para constituir a capa ou forro das caixas de papelão ondulado.
  • Capa de 2ª (testliner) Papel semelhante ao Capa de 1ª, porém com propriedades inferiores, conseqüentes da utilização de matérias-primas recicladas em alta proporção.
  • White top liner Papel branco fabricado com grande participação de fibras virgens, atendendo as especificações de resistência requeridas para constituir parte das caixas de papelão ondulado.

Papel kraft - Papel de embalagem, cuja característica principal é sua resistência mecânica. É classificado em:

  • Kraft natural para sacos multifolhados Papel fabricado essencialmente a partir de fibra longa. Altamente resistente ao rasgo e com boa resistência ao estouro, é usado essencialmente para sacos e embalagens industriais de grande porte.
  • Kraft extensível Fabricado essencialmente a partir de fibra longa. Altamente resistente ao rasgo e à energia absorvida na tração, é usado para embalagem de sacos de papel.
  • Kraft natural ou em cores para outros fins - Fabricado essencialmente a partir de fibra longa, monolúcido ou alisado, com características de resistência similar ao Kraft Natural para Sacos Multifolhados, é usado para a fabricação de sacos de pequeno porte, sacolas e para embalagens em geral.
  • Kraft branco ou em cores Fabricado essencialmente a partir de fibra longa, monolúcido ou alisado, é usado como folha externa em sacos multifolhados, sacos de açúcar e farinha, sacolas e, dependendo da gramatura, para embalagens individuais de balas, bombons, etc.
  • Tipo kraft de 1ª Papel de embalagem, semelhante ao Kraft Natural ou em Cores, porém com menor resistência que este, monolúcido ou não, é usado geralmente para saquinhos, etc.
  • Tipo kraft de 2ª Papel semelhante ao Tipo Kraft de 1ª, porém com resistência inferior, é usado para embrulhos e embalagens em geral.

Para embalagens leves -É classificado em:

  • Estiva e Maculatura Papel fabricado essencialmente com aparas, em cor natural, acinzentada, é usado para embrulhos que não requerem apresentação, tubetes e conicais.
  • Seda Papel de embalagem, branco ou em cores é usado para embalagens leves, embrulhos de objetos artísticos, intercalação, enfeites, proteção de frutas, etc.
  • Papel glassine, cristal ou pergaminho Tem como principal característica a transparência, obtida mediante elevado grau de refino no processo produtivo. É usado em embalagens de alimentos, como proteção de frutas nas árvores e papel auto-adesivo.
  • Papel greaseproof Translúcido, possui elevada impermeabilidade às gorduras e, por isso, compõe embalagem para produtos gordurosos.

FONTE:  http://www.bracelpa.org.br/bra2/?q=node/184

 

Catálogo Virtual

Chat Online

LiveZilla Live Chat Software

Login Área do Cliente

Pesquisar

Parceiros

logoQualipeso